Vídeo: o que acontece com seu carro na mão dos manobristas

Câmeras escondidas e rastreadores flagram infrações de trânsito e abusos dos serviços de valet parking por Nathalia Ziemkiewicz.
A reportagem de capa da edição nº 31 de Época São Paulo, “Cara, cadê meu carro?”, aborda os serviços de valet parking de restaurantes, bares e baladas da cidade. Com rastreadores e câmeras, flagramos o que acontece com seu carro assim que as chaves são deixadas com os manobristas. Assista ao vídeo, dividido em duas partes, realizado pelo Apart Studio Multimída.

As empresas que aparecem no vídeo se manifestaram. Arnaldo Altman, dono do Filial, disse que “às vezes é necessário parar na rua por alguns minutos enquanto se aguarda a acomodação de outros carros”. Paulo Contarini, gerente do Magari, afirmou ser “indescupável” os manobristas pararem em vagas de zona azul sem cartão e dirigir em marcha ré por até 50 metros. A empresa de valet em questão, a EstaSampa, prometeu averiguar as acusações. O sócio do Maevva Daniel Nagao garante que vai rescindir o contrato com a Fast Park (cujo gerente, identificado apenas como Fábio, falou que a calota do carro já estava danificada) e o diretor da Quick Park, que trabalha em frente ao Astor, se defende sobre a fila dupla em frente ao bar: “Mesmo com uma equipe grande, fica difícil nos horários de pico”. A reportagem completa você lê na edição impressa ou em breve no site.

PARTE 1

PARTE 2

Comentários
video permalink